Banner

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Bolinhas Excitantes Explosivas: Como usar?

Antes de iniciar nosso bate papo hoje gostaria de esclarecer algumas coisas:
Sempre compre produtos que tenham PROCEDÊNCIA E REGISTRO, como qualquer tipo de cosmético é fundamental averiguar se o produto tem procedência confiável e registro na ANVISA (Agência de Vigilância Sanitária). As embalagens dos produtos devem conter esse número de registro, caso não tenha, duvide e não compre.

Instrução: Muitas vezes a pessoa que comercializa produtos sensuais não procura saber a fundo as características do que vende. É fundamental manter um vínculo comercial com aquela pessoa ou estabelecimento em que você percebe o interesse e o domínio sobre o produto que vende. 

NÃO COMPRE COM AMADORES.





Muito se fala sobre as famosas bolinhas excitantes, posso dizer são um dos produtos mais conhecidos quando se fala em produtos eróticos, ficando quase que empatadas com a famosa pomada Chinesinha que em breve falaremos sobre ela.

Vamos lá pra esclarecer tudo sobre essas tais BOLINHAS EXPLOSIVAS EXCITANTES.

Existem no mercado diversos tipos de bolinhas de diversas marcas, são bolinhas comestíveis de vários sabores, bolinhas funcionais com aquecimento, sensação de refrescancia, vibração, formigamento, choque, super aquecimento, bolinha que tem função anestésica, bolinha com perfume... ufa!! É muita bolinha né!!

A lubrificação é a principal função de todas as bolinhas, mas como comentei logo acima, existem vários tipos no mercado e com várias funções, por isso vale ressaltar compre de quem conhece o produto que está vendendo e que saiba explicar, pergunte não tenha vergonha, pra depois não vir falar que ""Ah essa bolinha grudenta... Não senti nada!""

Mas para que partes do corpo elas são indicadas??

As bolinhas, seja qual for a função, (menos as anestésicas, que só terão sua ação nas mucosas, como vagina ou ânus) podem ser usadas em qualquer parte do corpo. Elas são fabricadas da mesma matéria prima dos medicamentos em cápsulas, aqueles grandes que parecem um plástico mas não são, são fabricados com gelatina especial que é absorvida pelo corpo sem causar nenhum prejuízo.
Assim são as bolinhas excitantes, por fora são feitas de gel e por dentro guardam um óleo, onde cada bolinha terá sua função, comestível, aquecimento, resfriamento, etc.

Como são cápsulas de óleo você pode usar para fazer uma massagem super excitante, pode introduzir tanto na vagina quanto no ânus para lubrificar e se divertir com as sensações que ela guarda no seu interior!!

O modo mais utilizado é de introduzir na vagina, assim antes de iniciar o ato sexual, durante as preliminares é só introduzir a bolinha dentro da vagina, rapidinho ela se desmancha (dentro de 3 a 5min) devido a umidade e calor do local e você já vai começar a sentir sua função... uiuiuiui!!

Caso você ache que a bolinha vai demorar a se desmanchar ou não possui muita lubrificação você pode molhar a bolinha em água morna do chuveiro e introduzir logo em seguida, essa dica é super legal para as bolinhas anestésicas usadas no sexo anal, como o ânus possui pouca lubrificação a bolinha vai demorar mais para desmanchar, por isso aconselho molhar ela também!!
Dá certo viu!! Já testamos este método, é ótimo!!

As bolinhas são fabricadas geralmente de óleo mineral ou óleo vegetal, as que contém óleo mineral NÃO são compatíveis com o uso de preservativos, camisinhas, pois danificam o látex.
Então fique atenta pois a camisinha pode ser danificada pelo uso da bolinha.

Algumas pessoas comentam que a bolinha causa alergia, causa candidíase ou alguma outra doença, então vamos lá esclarecer essa dúvida!!

As bolinhas não causam alergias e tão pouco algum tipo de doença, o que acontece é a falta de informação, algumas pessoas que já possuem algum probleminha ginecológico ou que tenham alguma alergia aos componentes da bolinha aí sim podem ter algum problema.

É muito importante manter a higiene em dia e é importantíssimo que após o uso das bolinhas ou qualquer outro gel, que você tome um banho para higienizar as partes íntimas, para remover os resíduos das bolinhas, assim você se mantém saudável e longe de possíveis doenças.

Gostou deste post?? Então da um like logo abaixo para ajudar nosso Blog!!

E pode vir com tudo para nosso site que está cheio de bolinhas e muitas outras novidades super eróticas para você sair da rotina e se divertir com muito prazer!!

WWW.CAMARIMDEDIVA.COM.BR

Obrigada!




sábado, 16 de setembro de 2017

Tesão de Vaca - Estimulante Sexual Pingou Comeu






Tesão de Vaca é um poderoso afrodisíaco que está enlouquecendo os brasileiros por aumentar o tesão instantaneamente após o consumo, sem nenhum risco a saúde.
Sua vida sexual nunca mais sera a mesma com Tesão de Vaca!
  1. Para Homens e Mulheres
  2. Efeito Duradouro
  3. Começa a Funcionar em 15 minutos
  4. Natural não faz mal a saúde!
  5. Melhore o seu desempenho sexual com as gotas Afrodisíacas, dê mais satisfação para o seu parceiro ou parceira sexual, basta poucas Gotinhas pra renovar e sair da rotina. Quem já usou sabe dos benefícios deste estimulante Natural e o seu poder eficiente ajudando a melhorar sua vida sexual para sempre!

  6. PERGUNTAS FREQUENTES:
  7. O que é Tesao Vaca?
    Tesao Vaca é um poderoso afrodisiaco natural a base de ervas medicinais que causam o aumento do desejo sexual.
    Quais são os efeitos de Tesao Vaca?
    Tesao Vaca Tem efeito de aumentar o libido porque contem varios estimulantes sexuais naturais usados a seculos por tribos indiginas.
    Tesao Vaca Funciona para Homens e Mulheres?
    Sim, Nosso estimulante natural é o unico no mercado unisex.
    Os benefícios de Tesao Vaca são comprovados cientificamente?
    Sim. Diversos estudos apontam os benefícios de utilizar Afrodisiaco Natural, o que justifica seu sucesso na mídia.
    Existem efeitos colaterais? Qualquer um pode tomar?
    Não existe nenhum efeito colateral com o consumo do produto, e qualquer pessoa pode tomar e aproveitar seus benefícios. Entretanto, gestantes, nutrizes, crianças e pessoas enfermas ou que fazem uso contínuo de algum medicamento devem consultar um médico antes de iniciar o consumo. Este produto NÃO CONTÉM GLÚTEN.
    Como devo usar Tesao Vaca?
    Tesao Vaca deve ser adicionado diretamente na bebida, Recomendamos o uso de 10 gotas para cada 100ml de bebida.
  8. COMPRE AGORA EM NOSSO SITE
    Link Direto Tesão de Vaca  CLIQUE AQUI

sábado, 8 de julho de 2017

Exercícios Kegel: Melhore o seu prazer


 

 

O que são exercícios de Kegel

Arnold Kegel foi um ginecologista alemão das décadas de 40 e 50, que morava nos Estados Unidos.

Ele utilizou exercícios de contração dos músculos pélvicos, muito similares aos do pompoarismo, com pacientes que sofriam de incontinência urinária e, de acordo com seus relatos científicos, conseguiu evitar que oitenta por cento delas fossem submetidas à cirurgias para a correção do problema.
Ele também percebeu que muitas dessas mulheres referiam ter melhorado a qualidade dos orgasmos e, algumas delas, que nunca tinham tido um orgasmo, aprenderam a ter.

Os exercícios de Kegel servem para combater a perda involuntária de urina, tanto no homem quanto na mulher, porque tonificam e fortalecem o músculo chamado Pubiococcígeo, localizado no assoalho pélvico.
Além disso, os exercícios de kegel ajudam a melhorar o prazer no contato íntimo pois aumentam a circulação sanguínea na região. Nas mulheres, estes exercícios combatem o vaginismo, que ocorre quando a mulher contrai os músculos da vagina involuntariamente, impedindo a penetração.
No homem, os exercícios de kegel também servem para combater a ejaculação precoce e para tratar a disfunção erétil.

6 passos para fazer corretamente

​Para fazer os exercícios de Kegel deve-se seguir os seguintes passos:
  1. Esvaziar a bexiga;
  2. Identificar o músculo pubococcígeo: para isso, tentar interromper o jato de xixi enquanto urina;
  3. Voltar a contrair o músculo pubococcígeo depois de urinar para se certificar que sabe contrair o músculo corretamente;
  4. Realizar 10 contrações seguidas do músculo;
  5. Relaxar por alguns instantes;
  6. Retomar o exercício, fazendo, pelo menos, 10 séries de 10 contrações todos os dias.
Os exercícios de kegel podem ser realizados em qualquer posição, seja sentado, deitado ou de pé, e podem inclusive ser realizados com o auxílio de bolas de ginástica. No entanto, é mais fácil iniciar estando deitado com as pernas dobradas.
Concentre-se para apertar somente os músculos do assoalho pélvico. Na tentativa de contrair os músculos pélvicos, é comum confundir-se e acabar contraindo o bumbum, coxas ou o abdômen. Evite prender a respiração durante as contrações a fim de tirar o máximo proveito possível dos exercícios.
  • Um truque que ajuda a relaxar é colocar uma das mãos sobre a barriga para garantir que a mesma fique relaxada.
  • Caso sinta um pouco de dor na barriga ou nas costas, isso é sinal de que você não está fazendo os exercícios corretamente. 
 O seguinte exercício é ótimo para iniciantes. Contraia seus músculos pélvicos por 5 segundos. Caso tenha dificuldade em manter os músculos contraídos por esse tempo, comece com 2 ou 3 segundos.
Relaxe seus músculos por 10 segundos. Entre uma série e outra de contrações, deixe os músculos descansarem por 10 segundos.
Repita este exercício 10 vezes. Contraia por 5 segundos, descanse por 10 e contraia por mais 5 segundos novamente. Repita esse ciclo por 10 vezes. Faça no máximo 3 a 4 repetições desse ciclo de 10 contrações e descansos.
Tenha como meta conseguir manter os músculos contraídos por 10 segundos.A cada semana de prática, aumente um ou dois segundos. Assim que alcançar os 10 segundos de contração contínua, mantenha esse tempo com no máximo 3 a 4 repetições de contrações de 10 segundos mais o descanso de 10 segundos entre uma série e outra.
Varie o exercício. Para fazer um Kegel de “sucção”, pense nos seus músculos pélvicos como um aspirador de pó. Tensione suas nádegas e mova suas pernas para cima e para baixo. Segure a posição por cinco segundos e relaxe. Faça isso 10 vezes seguidas. O exercício deve ser completado em 50 segundos.
Pratique os exercícios 3 a 4 vezes por dia. Para melhores resultados, procure incorporar os exercícios na sua rotina. Afinal, eles são rápidos e ninguém vai perceber o que você está fazendo. Faça uma série de manhã, uma à tarde e outra à noite.
     Fontes: 
http://pt.wikihow.com/Fazer-Exercícios-Kegel
https://www.tuasaude.com/exercicios-de-kegel/
Gostou das dicas? Aproveite e conheça agora os produtos do Camarim de Diva Sex Shop e Lingerie!!!
Produtos que vão apimentar seu relacionamento para você libertar a sua imaginação para o prazer sem limites!!

 

Pompoarismo: Exercícios que vão salvar o seu casamento


O que é Pompoarismo?


Pompoarismo é uma arte milenar indiana que tem origem no tantrismo, cuja técnica consiste na contração voluntária dos músculos pélvicos (pubococcígeos), conhecidos como músculos PC.


Tem como objetivo fortalecer essa musculatura para prolongar e intensificar o prazer sexual do casal.


A palavra pompoarismo (pahm-pour) é originária do tâmil, falado no sul da Índia.


Com o passar do tempo, a técnica se espalhou por outros países, tendo sido muito praticada no Japão, pelas gueixas e, posteriormente, por jovens da Tailândia, onde era comum mães ensinarem as filhas, ainda meninas, a contrair os músculos circunvaginais.


Em consequência desse aprendizado precoce, essas jovens tailandesas adquiriam o domínio da técnica, tornando-se pompoaristas, famosas pela habilidade de conseguir massagear o pênis com a vagina.


Muitas delas passaram a trabalhar em casas noturnas, onde faziam performances de palco com a vagina. Suas façanhas vão desde fumar a arremessar objetos à distância com a vagina.
Com o passar dos anos foi se tornando mais conhecida, através de “cursos” para mulheres, os quais prometiam salvar casamentos, devido ao forte apelo sexual dessa prática.
Quais os benefícios do Pompoarismo?
Fortalece os músculos pubococcígeos (que sustentam os órgãos internos), prevenindo o prolapso (queda) de bexiga, incontinências urinárias e o afrouxamento da região pélvica, que ocorre com a idade e com partos sucessivos.
Prolonga e intensifica o prazer sexual da mulher e do parceiro, durante a penetração.
Contribui para a prevenção de incontinência urinária de esforço (perda urinária ao tossir, subir escadas, rir, fazer esforço) ou como terapia complementar para quem já tem o problema e está em tratamento.
Os exercícios de contração, principalmente os de Kegel, podem ser complementares em tratamentos para incontinência urinária de urgência (perda súbita de urina), geralmente indicados pelo médico e aplicados por fisioterapeutas especialistas no trato urogenital.
Autoconhecimento: mulheres que nunca tiveram um orgasmo podem aprender a ter, devido ao desenvolvimento da percepção da musculatura.
Aumento da excitação sexual, devido aos movimentos que estimulam o clitóris e áreas adjacentes, promovendo maior autoconhecimento do corpo e das sensações eróticas.
Aumento da lubrificação vaginal, devido à maior quantidade de fluxo sanguíneo na região pélvica durante a prática, o que contribui para reduzir a secura vaginal, principalmente em mulheres que já entraram na menopausa.
A prática contribui para regular o intestino e os ciclos menstruais.
Promove excelentes resultados para algumas disfunções sexuais femininas, durante o tratamento terapêutico especializado em sexualidade (terapia sexual) em consultório.
Rápido restabelecimento do tônus vaginal, após o parto, entre muitos outros benefícios para a saúde como um todo.

Entenda seu corpo antes de começar com os exercícios



Antes de começar a praticar é importante entender o que são os músculos PC, além de levar em conta algumas informações importantes. Vamos lá?



Os músculos PC


São músculos localizados na região pélvica, responsáveis pela sustentação da parte superior do nosso corpo, bem como dos nossos órgãos internos (intestino, bexiga, útero e todo o aparelho reprodutor).








Esses músculos se estendem, como se fossem uma rede entrelaçada, desde o osso púbico (região dos pelos pubianos) até o cóccix (pequeno osso localizado na parte inferior da coluna vertebral).


Também controlam o fluxo de urina, além da abertura e fechamento do ânus e da vagina.


Durante a gravidez, eles são ainda mais solicitados, pois precisam sustentar o bebê.
Passo a Passo exercícios de Pompoarismo para você fazer em casa


O pompoarismo consiste de diversas técnicas de contração muito complexas que são denominadas da seguinte forma: chupitar, ordenhar, agarrar ou algemar, massagear, sugar, morder, expulsar e guilhotina.


Abaixo, vou passar alguns exercícios básicos e fundamentais para o aprendizado. Se você praticá-los todos os dias, vai começar a perceber alguma diferença em poucas semanas. O segredo é a assiduidade.


Eu começo sempre pelo relaxamento e se esta for a sua primeira experiência, vou ensinar dois dos quatro exercícios de sensibilização, que eu ensino no meu livro e no curso, para que você saiba se está fazendo corretamente. E na sequência mais dois para a prática diária.
Exercício 1

Você já deve ter feito aquele exame de urina que é preciso desprezar o primeiro jato no vaso sanitário, interromper o jato e, em seguida, continuar a urinar no recipiente.

Essa é a contração ‘leve’, da musculatura, que você vai utilizar na prática do pompoarismo. Este exemplo serve apenas para você entender o que é a força ‘leve’ do pompoarismo.

Importante: Antes de praticar os exercícios, certifique-se de estar com a bexiga vazia.

Se fizer uma única vez na vida, conforme acima, não há problema nenhum. Mas, não pratique o pompoarismo com urina na bexiga, pois a retenção de urina, junto com as contrações, poderá causar infecções urinárias.

Faça dez contrações leves (com a bexiga vazia). Descanse 15 segundos e repita mais duas vezes. Procure ir se acostumando a respirar normalmente durante a prática.
Exercício 2

Recoste-se na cama com as pernas separadas, apoie o dedo médio sobre o períneo e a entrada da vagina e contraia com força ‘média’ (um pouco mais de intensidade do que no primeiro exercício, fechando a entrada da vagina em movimento de sucção.

Perceba o movimento do músculo para dentro do corpo e retornando ao estado normal relaxado. Repita 10 vezes.

Descanse 15 segundos. Na sequência, repita o mesmo exercício por mais 10 vezes, mas desta vez, com força ‘intensa’. Relaxe.

A contração de força ‘intensa’ é a mais forte que você consegue fazer, desde que respirando normalmente, de maneira confortável!

Lembre que a contração é só da vagina e não do corpo.

Se você precisa prender a respiração, pratique primeiro com a força ‘média’ e depois de uma semana tente a ‘intensa’. Esse controle sobre a musculatura e a respiração, você vai aprender com a prática e com o tempo.
Exercício 3

Sente-se, confortavelmente, em uma cadeira e com as pernas levemente separadas, de maneira que você sinta a vulva encostada na cadeira.

Essa postura vai impedir que você contraia os músculos internos da coxa e se concentre nos músculos pélvicos.

Postura ereta, porém relaxada, permita que a gravidade atue sobre os seus ombros. Inspire e expire, normalmente.

Procure perceber o ar entrando e inflando a sua barriga. Observe o movimento, diminuindo o volume da barriga, quando sair o ar. A percepção da respiração é fundamental para os exercícios.

Contraia com força ‘média’, sinta a musculatura subir (contraindo para dentro de você). Contraia e relaxe 10 ou 20 vezes. Descanse 30 segundos, repita essa série 3 vezes.

Se estiver muito fácil, faça uma série de 30 contrações. Descanse 30 segundos e repita o procedimento três vezes.

Descanse.
Exercício 4

Repita o exercício anterior, agora contraindo com força ‘intensa’, caso consiga.

Você pode fazer esses exercícios (as 3 séries completas de ambos) uma vez ao dia ou, caso deseje e tenha tempo para isso, pode repetir as séries duas vezes ao dia, sendo uma de manhã e outra à noite.

Eu não costumo recomendar três vezes ao dia, acho um exagero! Exceto quando há necessidade.

Procure associar os exercícios a alguma atividade diária que você já faz e pratique, junto com essa atividade, como o banho ou quando estiver passando fio dental ou dirigindo.

Assim você não precisa parar para se exercitar, não desanima e não desiste com o tempo. Ou seja, não tem desculpa para não fazer!



Exercícios com as bolinhas tailandesas

Para realizar os exercícios de fortalecimento usando as bolinhas de ben-wa, é necessário seguir os passos seguintes:


Insira uma bolinha na vagina e tente sugar as outras bolinhas seguintes usando sempre que possível apenas a força da contração da musculatura da vagina;

Depois de introduzir as bolinhas, deve começar o processo de expulsão, expelindo as bolinhas da vagina uma a uma utilizando especialmente o relaxamento da musculatura do assoalho pélvico.


Se possível, este exercícios deve ser realizado diariamente, de forma a que as bolinhas consigam ser inseridas e expulsas apenas com os movimentos da musculatura do assoalho pélvico. Além disso, estas bolinhas também podem ajudar a desenvolver a sensibilidade vaginal, especialmente se forem usadas durante o dia ou até mesmo numa caminhada, por exemplo, pois são compostas por minúsculas bolinhas de chumbo que vibram com o movimento corporal.













Precauções e cuidados


Além das informações que passei acima sobre os acessórios, outros cuidados precisam ser tomados:
Grávidas até dois meses não devem praticar o pompoarismo, pois os exercícios podem provocar contrações uterinas e aborto. Se estiver grávida, pergunte primeiro ao seu ginecologista. Ele dirá a partir de que mês você poderá fazer os exercícios para ajudar no parto, caso seja parto vaginal.
Em caso de inflamações na região da vulva, útero, infecções urinárias ou qualquer outro problema ginecológico, tratar primeiro o problema para depois praticar os exercícios.
Se você sofre de endometriose é melhor tratar primeiro o problema e perguntar para o seu médico, pois os exercícios promovem um aumento do fluxo sanguíneo na região pélvica e neste caso, podem causar desconforto.
Se for usar acessórios, além de higienizá-los e secá-los bem, é importante que você não fique com eles por muito tempo dentro da vagina, devido ao peso que pode causar fadiga muscular. Portanto, ao terminar as séries de exercícios, tire-os da vagina.
Não compartilhe os acessórios com outra pessoa.


Gostou das Dicas??

No Camarim de Diva Sex Shop e Lingerie você vai encontrar todos os acessórios para praticar o pompoarismo em casa e também manuais e livros que ensinam mais exercícios para você ter mais prazer sexual e levar o seu parceiro a loucura na cama!!


Vem agora conhecer o nosso site e compre com toda a segurança e sigilo!!!


www.camarimdediva.com.br






Fonte:http://sexosemduvida.com/pompoarismo-como-praticar/

terça-feira, 30 de maio de 2017

Extensor Peniano e a Opinião Médica

Segundo a Sociedade Americana de Faloplastia (nome dado a cirurgia de aumento peniano), cerca de 80% dos homens se sentem inseguros com relação ao tamanho do membro. 

 

 

 

O extensor é considerado um aparelho de fisioterapia, na mesma classificação de um aparelho ortodôntico. Segundo médicos especialistas, a pressão que o extensor exerce sobre o pênis "ativa a divisão celular", provocando um aumento de 2 a 3 cm a cada seis meses de uso. Também estaria beneficiando homens que sofrem da doença de Peyronie, que provoca o entortamento do pênis. "Só me incomodou nos primeiros 15 dias, depois nem percebia que estava usando", afirma o técnico em informática R.S., do interior de São Paulo, que utiliza o extensor par aumentar seu pênis.

Segundo Fischer (médico brasileiro
cirurgião gaúcho, do Instituto de Andrologia de Porto Alegre) o aparelho deve ser usado por pelo menos 12 horas por dia e é facilmente retirado e colocado pelo usuário.

O extensor, que já foi aprovado na Europa e é vendido nos EUA -embora ainda não tenha aprovação oficial- custa de US$ 700 a US$ 800. Segundo Fischer, o aparelho já vem sendo receitado por andrologistas e urologistas de várias capitais. Estima-se que pelo menos 3.000 brasileiros já o usem.

A vantagem do extensor é que, para a maioria das pessoas insatisfeitas com o tamanho do pênis, ele dispensa a cirurgia. A operação, na maior parte dos casos, consiste em soltar os ligamentos, o que pode render um aumento de 2 a 4 cm. Em alguns casos, os dois métodos são associados, gerando "ganhos maiores", segundo Alfredo Donis Romero, especialista em cirurgia vascular e diretor do Ibrasexo (Instituto Brasileiro para a Saúde Sexual).

Uma pesquisa feita pelo Ibrasexo, que reuniu 3.526 perguntas ou queixas de homens que entraram em contato com o instituto, revelou que 47,2% deles manifestaram preocupação com o tema.

O suposto maior caso de alongamento conseguido até agora no mundo é relatado por um  paciente gaúcho, que começou a utilizar o aparelho porque seu pênis media 11 cm de comprimento, recebeu alta quando atingiu 16 cm através de cirurgia, mas continuou com o extensor por conta própria, chegando a 27 cm.

Na Europa, este tipo de aparelho é classificado como equipamento médico tipo-1 (isento de risco sem possibilidade de malefício), no Brasil as autoridades sanitárias o classificam como aparato correlato simples ou ainda como aparelho fisioterápico.
           Apesar de não oferecer riscos à saúde, recomendamos que seja usado com supervisão médica especializada



Resultados de uso do Extensor


Após um período de uso do extensor peniano, a análise microscópica nos informa que houve significativo aumento no número de células dos vasos.
          Na análise macroscópica os resultados são um aumento do alongamento do pênis e um discreto aumento na espessura, da ordem media de 7% para seis meses de uso durante 06 a 08 horas diárias.
          Não nos foi relatado quaisquer alterações de comportamento no mecanismo eretor, e quanto a ejaculação também não se altera, a não ser para melhor, quando houver problema, e este estiver associado a baixa sensibilidade peniana.
          O número de horas do extensor em uso é proporcional ao resultado obtido, ou seja, os usuários com mesma faixa etária, que fizeram uso em um número maior de horas, tiveram um ganho superior.
          Vinte e duas pessoas foram submetidas ao extensor por seis meses e os dados fornecidos nos deram as referências do quadro abaixo. Nele relacionamos o número de meses de uso necessário do extensor para se alcançar o objetivo de 1 polegada (2,5 cm) de alongamento.
IDADE MESES DE USO
06 A 08 HORAS DIÁRIAS
18 a 24 anos 3
25 a 35 anos 04 a 05
36 a 45 anos 06 a 07
46 a 55 anos 08 a 10
56 a 60 anos 12
 


* Média 1 - Média dos indivíduos entre 21 à 25 anos uso de 6 horas diárias.
* Média 2 - Média dos indivíduos entre 26 à 35 anos uso de 6 horas diárias.
* Média 3 - Média dos indivíduos acima de 50 anos uso de 4 horas diárias.
Como assegurar o ganho
           Para garantir o ganho optado pelo usuário recomendamos um planejamento em escala de horas. Para um usuário que após 06 meses atingiu o tamanho desejado, e que vinha fazendo uso diário entre 6 a 7 horas dia, o programa de retirada do aparelho sugerido é o seguinte:
1) O número de horas em uso deve ser reduzido em cerca de 30% a cada semana até que o número se reduza a uma hora diária.

2) A partir dai se reduz para 1 hora, dois dias na semana. Pronto!
O seu aumento está assegurado e deve acompanhá-lo (em normais condições) durante toda a sua vida.


Sistemas de aumento de membros pelo mundo 

 

           Tribos indígenas do Brasil já fazem uso da tração há muito tempo para aumentar o lábio inferior, como os índios Botucudos, Caiapós e Ianomâmis.
           Na África, algumas tribos penduram pesos para aumentar o pênis, o lóbulo da orelha, o nariz. 
           Na Ásia algumas mulheres tracionam todo o pescoço promovendo um alongamento que as tornou conhecidas como mulheres-girafa. O princípio, lembra um aparelho ortodôntico que através de uma força continua, corrige o alinhamento dos dentes.
Clique aqui para COMPRAR!!
Clique aqui para COMPRAR!!
Clique aqui para COMPRAR!! 






Informações, Fontes: Folha de São Paulo, UOL
http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u14361.shtml
Desenvolvedor Peniano
http://desenvolvedor-peniano.bigs.com.br/tracao.html



 



sábado, 27 de maio de 2017

Alongador, Desenvolvedor ou Extensor Peniano Funciona?

      Para responder esta pergunta, devemos levar em consideração alguns fatores. Mas posso adiantar que SIM, o extensor desenvolvedor peniano funciona!!

Os extensores penianos são os instrumentos para aumentar o pênis mais vendidos a nível mundial. 

 

Como Funciona o Extensor?

      O extensor utiliza de um sistema de tração, induzindo o organismo a multiplicar as células no local que está sendo tracionado, no caso o pênis. Este tipo de sistema faz com o que o pênis aumente em comprimento e também em espessura!! Mais grosso e comprido, que tal heim?? 
      Além desses dois benefícios, também pode ser observado, em alguns casos, a correção da curvatura peniana.


Quantos centímetros vou conseguir aumentar?

      O tamanho e a espessura que seu pênis aumentará com o tratamento dependerá muito da sua idade e estilo de vida. A genética, também é um fator que pode afetar nos resultados do tratamento com o extensor.
      Sabemos que com o avanço da idade o metabolismo e a própria reprodução das células diminuem, devido a isso, indivíduos com uma idade maior devem fazer o uso do aparelho como forma de tratamento por mais tempo.
      Uma vida saudável, com alimentação balanceada, prática de exercícios físicos, ficar longe do uso abusivo de álcool e cigarros contribui muito para você alcançar sua meta de aumento peniano!!
      Estabeleça uma meta razoável para aumento do seu pênis e utilize o aparelho de forma correta, diariamente. Os resultados serão notados logo nas primeiras semanas de uso!!


Como qualquer parte do corpo onde é aplicada pressão o pênis tenta adaptar-se a essa pressão o que faz com que as células se dividam para anular essa pressão, após a divisão elas próprias crescem e tornam-se adultas, o que faz o pênis não só crescer como engrossar. 



Como usar?

      Monte o aparelho conforme descrito na embalagem ou no manual de instrução. Com o pênis flácido, o aparelho deve ser colocado na base peniana. 
       Estes aparelhos são constituídos por três conjuntos de peças: Uma base que fixa o pênis na sua base, e um suporte que fixa o pênis logo abaixo da glande de modo a manterem o pênis esticado pela sua parte central. Consiste também em duas varas extensíveis que vão aplicar a tração que vai ‘esticar’ o pênis. Estas varas podem ser movimentadas de diferentes maneiras que permitem aplicar diferentes tipos de tensão.

 

Durante o uso

      O extensor é um aparelho de uso diário e pode ser usado sem maiores problemas debaixo da roupa. Apenas não se recomenda a prática de esportes e movimentos bruscos enquanto estiver usando o aparelho. 
      O período de tempo para uso do extensor possui grande variação, e para melhores resultados recomenda-se o uso de 6 a 8 horas diárias, no período de 5 a 9 meses. 
      Para iniciantes o uso do aparelho deve ser utilizado de 2 a 3 horas com intervalos de 50 minutos, na primeira semana de uso, aumento progressivamente o tempo de uso com o passar dos dias. 
      Não utilize o aparelho de forma muito apertada, para evitar lesões ou dores no local. O extensor deve ficar de forma confortável no pênis, faça a regulagem correta nas hastes.
      Se caso ocorrer algum tipo de lesão no pênis em decorrência do uso do extensor, suspenda imediatamente seu uso. Retome com o tratamento somente quanto estiver totalmente recuperado.
      Não é recomendado dormir com o aparelho.
Não é recomendado o uso de lubrificantes ou pomadas juntamente com o extensor, pois dificultará sua fixação no pênis.
      Sua vida sexual pode e DEVE seguir normalmente, não prejudica de forma alguma!!

Após o uso

       Lavar e manter seu aparelho limpinho é essencial. Após ter atingido seus objetivos de tamanho e espessura, como no início, o aparelho deve ser usado de forma gradual e agora regressiva. Diminuindo o numero de horas de uso pouco a pouco, até chegar em uma hora ao mês.


Comece hoje mesmo com o tratamento que vai revolucionar sua vida sexual e aumentar a sua autoestima!!

 

Visite agora mesmo nosso site e garanta já seu extensor!!

Clique aqui para comprar!!











Postagem em Destaque

Camarim de Diva - Sex Shop